sábado, 15 de março de 2008

oi




Helena não sabia fazer tipo. Por mais que tentasse agradar a todos,
no final das contas acabava sendo ela mesma, isso muitas vezes afastava
as pessoas. Muitas vezes!
Helena e intensa, com todos os opcionais do “pacote intenso de ser” Exageradamente exagerada.
Uma pessoa muitas vezes sem noção de limites entre as relações.
Em alguns dias de amizade já distribuí cartõezinhos com mensagens carinhosas, da presentes, esbanjava abraços e carinhos.
Homens, mulheres, crianças, gatos, cachorros... não ha distinção.
E não ha maldade alguma. E apenas seu jeito exageradamente carinhoso de ser.
Na maioria das vezes, muito mal interpretado e mal recebidas.
Assim e com seus relacionamentos reais e virtuais. Os homens tem medo de Helena
A julgam uma louca qualquer. Não entede aquele carinho todo.
Na verdade nem Box, seu (und) de estimação entende muito bem porque e
tão amassado, espremido, abraçado, e beijado pela dona. Meio sufocante aquilo!
Tanto que o pobrezinho em determinados momentos desejava morar sozinho
numa ilha deserta com ração e água fresca...
Uma bela noite...Colocou seu vestido preferido, um modelito ousado
e um tanto quanto “cheguei” um vermelho paixão... e lá foi ela com suas
meias coloridas e sapatos de salto laranja, bem ao seu estilo . .
Naquele dia Helena estava decidia a não tentar agradar ninguém,
e deixar de segurar o vulcão em erupção que tinha dentro de si,
como sempre procurava fazer. Seria ela mesma e ponto final...
Alguem a procura de ser feliz, somente ser feliz...
*******************************************************************************

3 comentários:

Marco Aurelio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marco Aurelio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marco Aurelio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.