sexta-feira, 19 de outubro de 2007

sementes


Quando estamos no estado original somos sementes. Quando nos perdemos no mundo da ações somos ramificações. Assim como na extremidade da árvore há o máximo de fragilidade, se fico só nas confusões do trabalho, relacionamentos, trânsito, vivo no meu estágio máximo de fraqueza.Toda a força está na volta ao estado da semente, onde está todo o meu potencial - estado de silêncio, de total saber, de insight. As respostas não estão nas extremidades mas na semente.

Um comentário:

admiramor disse...

gostei

e que plantemos boas sementes ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

beijos ♥♥♥♥♥♥♥