segunda-feira, 1 de março de 2010

deixa eu te levar


*
Se quiser fugir, pra qualquer lugar que for
Nem precisa me chamar, tão perto que eu estou
Esse medo de perder, não te deixa me olhar
Esqueça o que passou, que tudo vai mudar
Agora eu posso ser seu anjo, seus desejos sei de cor
Pro bem e pro mal, você me tem não vai se sentir só
Meu amor
Eu penso te tocar, te falar coisas comuns
E poder te amar, o amor mais incomum
Não deixo o medo te impedir, de chegar perto de mim
O que aconteceu ontem não vai mais repetir
Me deixa então estar contigo, seus desejos sei de cor
Pro bem e pro mal, você me tem não vai se sentir só
Meu amor
Se quiser
Sempre que quiser um beijo eu vou te dar
Sua boca vai ter tanta sede de me tomar
Se quiser
Sempre que quiser ir às estrelas me dê a mão
Deixa eu te levar
Me deixa ser real e te ajudar a ser feliz
Porque eu sou o seu fogo, tudo o que você quis
Sempre que quiser um beijo eu vou te dar
Sua boca vai ter tanta sede de me tomar
Se quiser
Sempre que quiser ir às estrelas me dê a mão
Deixa eu te levar

*

Um comentário:

Adh2bs disse...

"Quem escreve ama aquele que vai ler"... Lindo isso, nunca havia pensado assim. Poema do Mario Quintana "o presente... tem a duração do instante que passa".
Prezada Helena, seu blog é lindo, muito tempo que não passava aqui, amei ler.
Abç,
Adh2bs