terça-feira, 7 de dezembro de 2010

amor




Queria um lugar
Onde o amor não pudesse me
ver
Só que o meu coração não aceitou
E o medo da certeza que chamam de
amor
É cedo não quero dizer que foi tarde demais
Vedo os olhos e assim triste, infeliz, incapaz
A vida ficou por ali me olhando por trás
Se eu sei dessa dor, ela sabe de mim
Não viveu o amor que eu trago aqui
Se qualquer medo e dor que hoje possa me ter
Se transforma em calor mata o frio do teu peito e me faz viver
Eu queria o amor bem assim, logo aqui
Quis viver noutro tempo que eu nem sei se virá
Eu me pego a desgraça de amor que me põe a chorar
A vida ficou por ali me olhando...
Me olhando por trás
*

Um comentário:

INTEGRAL DE MIM disse...

Obrigado pela sempre doce e esperada visita...!
Pocinho de ternura!