terça-feira, 1 de abril de 2008

Sanduíche de queijo





As pessoas dizem “eu te amo” como se fosse “sanduíche de queijo”.
É fácil dizer “eu te amo”, é igual dizer “sanduíche de queijo”...
Para dizer “eu te amo”, é preciso que seja com convicção, que seja verdadeiro e com amor! E quando sabemos que realmente amamos alguém?
Amor não atende com hora marcada, ele passa batido e você nem aí.
Podemos conhecer alguém do nada, que apareça como mágica...
mas que de uma hora para outra transforma para sempre nossas vidas.
Tudo o que fazemos inclui a pessoa amada, e ficamos imaginando como seria bom se essa pessoa estivesse ao nosso lado.
Já discordamos muito dessa pessoa, e já brigamos por motivos idiotas,
mas todas as discussões e brigas são nada perto dos momentos de prazer
e de alegria que tivemos juntos.
Sabemos que amamos alguém, quando mesmo após a partida,
ainda restou muito amor e principalmente, muito carinho.
Jamais espere ouvir "eu te amo" num jantar à luz de velas,
no dia dos namorados. Você vai ouvir "eu te amo" numa terça- feira,
às quatro da tarde, depois de uma discussão.
Talvez a pessoa certa, pode ser aquela que nos considera a mais errada.
Não busque boas aparências, elas podem mudar.
Encontre aquela pessoa que faça seu coração sorrir.
Então diga “sanduíche de queijo” para quem você ama,
desde que essa simples junção de palavras represente que você
deseja amar essa única pessoa por toda sua vida...

***************************************************************************

Um comentário:

adoramor admiramor disse...

adorei ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

bjbjbjbjb no seu coração

ti amuuuuuuuuu ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥